Meu Perfil
BRASIL, São Paulo, São Paulo, Mooca, Homem, de 26 a 35 anos, Arte e cultura, Cinema e vídeo



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Marte Publicidade
 Blog Marcianos
 blog . cinema brasileiro
 fotolog . curinga
 o grande gorniak


 
 
Mestre, disse ele, aqui está um novo curinga!


:: Monstrinhos ::

Mais um monstrinho ... sem contorno agora... gostei!!!!



Escrito por eduardo alvarado às 00h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: introspecção ::

Tem períodos que eu penso demais e na maioria das vezes que isso acontece, é assim que ficou ou me sinto, numa ponte estreita e comprida, entre triste e sozinho.



mas passa, sempre passa.

Escrito por eduardo alvarado às 01h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: Monstrinho ::

Já disse aqui que gosto de desenhar monstrinhos, certo? Então mais um para vocês.



abraço a todos!

Escrito por eduardo alvarado às 23h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: Hominídeos Alvarados ::

Os hominídeos são os maiores primatas, com pesos variando entre 48 kg e 270 kg – em geral, os machos são maiores que as fêmeas -, com corpos robustos e braços bem desenvolvidos. Têm o polegar e o hallux (o dedo grande do pé) oponível aos outros dedos (excepto no género humano que perdeu a oponibilidade no pé) e todos os dedos têm unhas achatadas. Nenhum hominídeo tem cauda nem calosidades isquiais. Existem ainda numerosas diferenças no esqueleto entre os hominídeos e os outros primatas relacionadas com o seu porte vertical.

Todos os membros desta família têm um crâneo maior (relativamente ao tamanho do corpo) e um cérebro mais desenvolvido e mais complexo do que qualquer outro animal e são catarrinos, ou seja, têm as narinas próximas uma da outra e viradas para a frente e para baixo.

Aqui vemos duas espécies de um grupo de hominídeos, que viveram no sudeste brasileiro, em seu habitat natural: hominídeos alvarados







Acho que vou diminuir o café...

Escrito por eduardo alvarado às 01h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: Opção ::

"Não porque não tenho asas

que não saio do chão.

Se não traço meu plano de vôo,

é tão apenas porque me apetece

o caminho táctil da vida,

por pura opção".

Escrito por eduardo alvarado às 02h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: Antropólogo em Marte, Um ::

O que têm em comum o pintor que, aos 65 anos, passa a enxergar o mundo em preto e branco; o massagista que, cego desde a mais tenra infância, recupera a visão após passar por uma cirurgia; e a mulher autista que não consegue entender os sentimentos humanos, mas se torna uma especialista em comportamento animal? Para o neurologista Oliver Sacks, esses não são apenas casos clínicos extraordinários: antes de mais nada, eles dizem respeito a indivíduos cujas vidas podem nos ajudar a compreender melhor o que somos.


Eu "preciso" ler esse livro.




Escrito por eduardo alvarado às 00h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: Laços ::

Vídeo vencedor do Festival Internacional de Curtas do Youtube 2007. Eu gostei e você?



Escrito por eduardo alvarado às 00h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: Adolescência Tardia ::

Se não existe amor
a paixão reside

se não reside carinho
o afeto assiste

se não assiste atenção
as atitudes insistem

se não insiste desejo
o respeito persiste

se não persiste paciência
a compreensão existe

Se nada disso existe
o que resiste?

Se um lado resiste
e o outro desiste?

Se nem é que desiste
talvez nunca sentisse

Perder o que a indiferença fez
que nunca exisitsse

Escrito por eduardo alvarado às 19h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: o Profissional da Semana ::

Caros. Não me acho lá grandes coisas, isso é fato. Contudo sempre acreditei que depois de 10 anos contínuos de estudos e especializações e uma experiência de quase 7 anos na área, pudesse me dar uma noção sobre a minha área profissional e isso se concretizou essa semana. Uma semana importante, em que minha agência parece engrenar de vez e que acabo de ter sido caloteado, menosprezado e ridicularizado profissionalmente pelo meu antigo emprego tão pouco profissional.

Fui escolhido por um site (que vem se mostrando importante ao nosso meio a cada dia) como o Profissional da Semana. Os critérios, segundo o email reportado a mim pela administração do site, são o "tino criativo, qualidade técnica e acabamento. O profissional é selecionado por uma equipe de publicitários conselheiros do portal". Não é um prêmio, não é Cannes, nem sequer é muita coisa, dirão. Para mim é. Seja pela credibilidade do site, seja pelo reconhecimento - hoje em dia tão difícil de se conseguir - do meu trabalho.

O site é o www.vitrinepublicitaria.net e logo na home por toda essa semana, poderão ver gordinho, barbudo, sorridente e pomposo esse que vos fala como: o Profissional da Semana.





Escrito por eduardo alvarado às 01h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: Frases ::

Tem frases que a gente usa pra vida toda, como filosofia, como diretriz, como se tivesse um caminhão ela estaria no parachoques, certeza.

A maioria você ouve e até acredita por um tempo, depois cresce e desacredita - minha avó costumava dizer a cada vez que sentia um arrepio: "A morte passou por aqui" e fazia o sinal da cruz - outras você cresce e aprende o porquê - minha mãe diz a cada vez que se quebra um copo em casa: "É sinal de sorte" e a propósito em parte está certa, pelo menos na cultura islãmica que acredita-se que temos uma cota de sorte para usar na vida e, se o copo quebrou é porque não usamos nossa sorte para salvar um simples objeto de vidro. E por fim, há frases que você ouve e pronto não sabe se acredita, se leva consigo ou não, se ignora ou faz chacota dela, a maioria delas usa-se com a providência que lhe cabe. A que uso com menos frequência, porém mais me anima nesse chato momento do dia é: "Deus ajuda quem cedo madruga".

Mas uma ferramenta mágica, que mais daria inveja a nossas mães, tias e avós se a conhecesse, para frases de qualquer tipo, cor, credo ou partido político é o MSN. Isso mesmo, pare agora de ler o blog (mas não feche) abra o seu MSN e leia atentamente as frases empregadas aos nicks. Acreditem eu já li de tudo: recado para o amado, recado para o desafeto, todas as frases de caminhão, todas as falas do filme Tropa de Elite, todos os gritos de torcida e xingos para as outras torcidas, qualquer frase de efeito atribuida para qualquer personalidade (já vi a mesma frase sendo atribuida para duas personalidades diferentes). No top 3 de hoje temos: 3ª "Prefiro ser a mulher errada na hora certa, do que a mulher certa na hora errada", 2ª Mettade de mim é o que penso, e a outra metade é um vulcão" (???) e 1ª "Homem de preto qual é sua missão ... fazer muito layout e caprichar na criação".

Mas como disse no começo do texto, há frases que você efetivamente usa como um emblema, um símbolo textual do que você tem como conceito ou filosofia de vida. Algumas eu tenho comigo até hoje e não abro mão, por conceito, por poesia, por tolice ou, simplesmente, pela graça da coisa:

"A maior dor do vento, é não ser colorido."

"Se quiser ter amigos, também vai ter de respeitar o que eles gostam de fazer."

"Isso eu gosto mais do que lasanha."

"O ornitorrinco é a prova terrena de que Deus tem bom-humor."



E hoje tive a feliz surpresa de ouvir, refletir e então absorver e acrescentar uma frase que vai me seguir com certeza vida adentro:

"Publicidade é a melhor coisa de se fazer com roupa"



Escrito por eduardo alvarado às 02h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: 30 Promessas para 2008 ::

Sempre ouvi falar, mas nunca tinha feito, ora porque achava bobagem, ora porque achava que estava tudo na minha cabeça (e dentro do meu plano de dominar o mundo) e invariavelmente porque sou meio desorganizado. Mas esse ano realmente preciso mudar! Preciso não, eu quero mudar. Quero tentar ser uma pessoa um pouco melhor, para mim, para os outros e para onde vivo. Por tudo isso ou só por isso:

30 PROMESSAS PARA 2008


01. Terminar pelo menos 1 projeto iniciado

02. Brigar menos (comigo e com os outros)

03. Levar mais na esportiva

04. Dar mais atenção às pessoas

05. Ajudar pelo menos 50 pessoas

06. Plantar pelo menos 1 árvore em algum lugar

07. Reciclar mais coisas (e não é campanha e não sou cliente do Banco Real)

08. Guardar dinheiro

09. Ter no mínimo mais 5 patetas na minha coleção (ajudem!!!)

10. Aprender um pouco mais de WEB

11. Aprender um pouco mais de Fotografia

12. Aprender um pouco mais de cultura inutil

13. Trocar de colchão

14. Dormir mais

15. Escrever mais (ou pelo menos anotar mais o que eu penso)

16. Ler pelo menos um livro por mês (tenho 6 guardados esperando para serem lidos)

17. Desenhar mais (senão o pessoal da Fábrica de Quadrinhos me mata)

18. Aumentar o tempo no Sol

19. Diminuir o tempo no computador

20. Levar minha cachorra para passear mais (muito mais) vezes

21. Diminuir em 98% o consumo de refrigerantes (sobrando mais calorias para o próximo item)

22. Aumentar em 35% o volume de litros de cerveja

23. Inserir pelo menos 10 novos cds bons no meu Itunes

24. Assistir a pelo menos 10 filmes nacionais no cinema

25. Ir pelo menos 30 vezes ao cinema (no ano não é muito)

26. Gostar de pelo menos 10 filmes

27. Odiar pelo menos 5 filmes

28. Visitar o Planetário

29. Visitar o Museu da Imagem e do Som

30. VIsitar o Museu do Brinquedo

A lista poderia facilmente chegar aos 50 ... 60 ... talvez mais, mas reuni coisas fáceis, outras mais árduas, coisas importantes e coisas que achava que estava devendo para mim mesmo há um bom tempo.

Escrito por eduardo alvarado às 00h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: Natalidades ::

Natalidades 1...

de canto de olho espichava
- entre um canto natalino e outro -
um olhar para o canto da sala
para debaixo da árvore rala
onde um presente de um conto dormia
enquanto ele ouvia um conto de natal.



Natalidades 2...

a casinha aromatizada e aquecida
pelo ar morno que a cozinha trazia
provia cheiro do peru morto no forno
era papai noel, muita bebida e tanta alegria
que a meia noite todo mundo já se esquecia
que no presépio sobre a cômoda, Jesus nascia



Natalidades 3...

Não fizera exatamente o bem
pelo menos não num recente presente
mas mal não fizera também
pelo menos não à familia presente
enfim, não agradara ou magoara ninguém
pelo menos não perdera seu precioso presente

Boas Festas para todos.

Escrito por eduardo alvarado às 17h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



De volta

De volta depois de muito tempo ... muito tempo não porque não se teve o que contar, o que dizer ou querer dizer, sem tempo para isso é balela, a gente arruma tempo para as coisas mais bizarras. Então o mais certo é ser o mais franco possível: muito tempo não escrevia, porque não sabia (e ainda não sei) onde quero ir, mas nesse não-rumo que cabaleio descobri que atualizar o blog é um compromisso pessoal e profissional, então me dedicarei mais a isso, seja lá onde eu queira chegar com isso.

abraço a todos.



Escrito por eduardo alvarado às 10h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Operário de Quadrinhos



Perto de onde eu trabalho tem um boteco onde frequento expressivamente, ao lado desse bar tem uma porta estreita onde passavam repetidas vezes umas pastas de desenho (carregada por seus donos). Um dia desses, no almoço, resolvo entrar nessa portinha (já que não podia desfrutar do boteco) e descubro que ali é a Quanta, ou melhor, a conhecida Fábrica de Quadrinhos. Só essa informação já me empolgou como há tempos não ficava, ainda assim tive a agradável surpresa de conversar com o Davi (professor e coordenador de lá) e ser convidado a assistir uma aula naquela mesma noite de quinta-feira. Fui para conhecer mas com uma certeza interna de que me matricularia no fim da aula e foi exatamente o que aconteceu.

Como não atualizo muito esse blog por falta de tempo e de do que colocar aqui (sou meio auto-crítico demais é verdade), decidi usá-lo como um diário de aula. Então a cada desenho novo vou postar aqui com comentário de material e técnica usada, além das minhas impressões pessoais do desenho.

O desenho acima foi o primeiro esboço da aula, vou finalizado em nanquim na próxima aula.

Demais! hehehehe

Escrito por eduardo alvarado às 23h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



:: Tudo ao mesmo tempo agora ::








Escrito por eduardo alvarado às 01h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]